Bio&Química

IMPORTANTE: No momento, não há atividades neste fórum. Por favor,caso queira sanar suas dúvidas, visite o fórum www.pir2.forumeiros.com ,que você encontrará seções ativas de biologia e química.

Obrigado.
Bio&Química

Este fórum é um espaço dedicado ao ensino da Biologia e Química que, disponibiliza em suas páginas, apostilas, e-books, questões resolvidas e tudo o mais para incentivar e expandir o aprendizado.

Para abrir Editor LaTeX Codecogs - clique


clique em "copy to document" e copie o código HTML para o campo de postagem
Thank you Codecogs!
CodeCogs - An Open Source Scientific Library

    (UF-MG) Equilibrio Quimico

    Compartilhe

    michajunco
    Membro
    Membro

    Mensagens : 23
    Data de inscrição : 01/08/2011
    Idade : 22
    Localização : Londrina, PR - Brasil

    (UF-MG) Equilibrio Quimico

    Mensagem por michajunco em Ter Set 13, 2011 1:22 pm

    A uma temperatura elevada, 10 mol de PCℓ5 (g) foram adicionados a um recipiente, que, imediatamente, foi fechado e mantido em temperatura constante. Observou-se, então, que o PCℓ5 (g) se decompôs, transformando-se em PCℓ3 (g) e Cℓ2 (g). A quantidade de matéria de PCℓ5 (g), em mol, variou com o tempo, até o sistema alcançar o equilíbrio, como mostrado neste quadro:

    TempoQuantidade de matéria de PCℓ5 / mol
    t110
    t26
    t34
    t44

    Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que,
    a) em qualquer instante após t1 , a pressão do sistema é maior que em t1.
    b) em qualquer instante, as reações direta e inversa têm velocidades iguais.
    c) no equilíbrio, a velocidade da reação direta é igual a zero.
    d) no equilíbrio, a quantidade de matéria das três substâncias é igual.
    Não entendi essa questão :/

    Setimo
    Membro
    Membro

    Mensagens : 16
    Data de inscrição : 30/09/2011

    Re: (UF-MG) Equilibrio Quimico

    Mensagem por Setimo em Sex Set 30, 2011 4:06 pm

    Reação de decomposição do PCℓ5:

    PCℓ5 (g) <--> PCℓ3 (g) + Cℓ2 (g)

    a)
    Pela reação, podemos ver que 1 mol de PCℓ5 gera 1 mol de PCℓ3 e 1 mol de Cℓ2. Portanto, 1 mol de reagentes geram 2 mols de produtos. Assim, de acordo com a tabela:

    Instante t1 => 10 mols de PCℓ5 e 0 mols de PCℓ3 e Cℓ2. Total de 10 mol de gases no sistema.

    Instante t2 => 6 mols de PCℓ5, o que significa que 4 mols de PCℓ5 se decomporam gerando 4 mols de PCℓ3 e 4 mols de Cℓ2. O que dá um total de 14 mol de gases.

    Instante t3 => 4 mols de PCℓ5 + 6 mols de PCℓ3 + 6 mols de Cℓ2. Total de 16 mol de gases no sistema.

    Como sabemos que o volume é diretamente proporcional à pressão, podemos deduzir que quanto maior o volume de gases no sistema, maior será a pressão. Assim, o menor volume e, consequentemente, a menor pressão no sistema é no início da reação, antes da formação dos produtos. Alternativa "a" correta.

    b)
    No início da reação o processo direto é muito mais rápido do que o indireto, senão não haveria formação de produtos. Aternativa "b" incorreta.

    c)
    No equilíbrio a velocidade da reação direta é igual à velocidade da reação indireta, e elas não são nulas. Alternativa "c" incorreta.

    d)
    Segundo a tabela, no equilibrio temos 4 mols de PCℓ5. Como a quantidade inicial era de 10 mols, podemos concluir que 6 mols reagiram formando 6 mols de PCℓ3 e 6 mols de Cℓ2. Portanto a quantidade de matéria das substâncias não é igual. Alternativa "d" incorreta.

      Data/hora atual: Dom Dez 04, 2016 3:12 am